Carreira profissional – Microlins

Carreira profissional – Microlins

Capa-Video-HISTORIA-PROFISSIONAL-MICROLINS

A segunda etapa

Tv Gazeta. Depois de 7 anos de dedicação, pedi demissão e fui trabalhar na Microlins como professor.  Parece loucura né? Trabalhava  numa afiliada da Rede Globo e fui dar aula de informática. Mas eu estava insatisfeito com tudo, inclusive com o salário. Quer dizer, principalmente com ele.

Então aceitei o desafio sem nem saber o que realmente me esperava.

Eu já fazia muita coisa com o pacote Office da Microsoft, só não sabia dar aula. Quer dizer, não sabia que tinha o dom. Falo isso sem vergonha de acharem que quero me engrandecer, até porque eu gosto de dar aula, gosto de explicar como fazer as coisas e gosto principalmente de ouvir meu ex-aluno dizer que aprendeu comigo, que gostou das minhas aulas.

Bom, eu fiz o teste pra entrar na Microlins e passei. Comecei a dar aula de informática tomando como base as apostilas da própria escola. Me dei bem. E como sempre, inovei. Pensei, essa galera liga o computador mas não sabe com ele é por dentro. Então minha primeira aula era levar os alunos para fora da sala de aula e mostrar como era a máquina por dentro. De mão em mão, passava hd, drive de disquete, pente de memória, drive de cd, placa-mãe, etc.

Depois percebi que muitos alunos estavam lá porque os pais obrigavam, ou nem sabiam o porque. Então sugeri que no primeiro dia de aula eles também respondessem numa folha, duas perguntas:

  1. Qual o motivo fez você escolher esse curso?
  2. O que você espera do curso?

Eu não lia nenhuma resposta. Guardava e no final do curso, quem continuasse, poderia abrir e ver se a resposta condizia com o que ele estava vivenciando naquele momento final. Foi um ótimo aprendizado……pra mim.

Também lembro de uma turma noturna que não evoluía. Eram trabalhadores que queriam aprender informática para mudar ou evoluir no emprego. Mas não adiantava, a turma estava parada. Resolvi então dar uma aula sobre o teclado. Lá estava eu ensinando para que serviam as teclas SHIFT, CTRL, BACKSPACE, como colocar acento, til, para que servia o ENTER. Final da aula? “Professor, era essa aula que faltava”. Aprendi a observar mais meus alunos, a conhecer mais cada um deles. A me preocupar mais.

Depois de um tempo, peguei turmas de web. Ou seja, tudo o que tinha aprendido na época da Tv Gazeta iria aplicar ali. Olha só qual eram as matérias do curso:

  1. Corel Draw (minha praia)
  2. Photoshop (idem)
  3. Flash (já sabem né?)
  4. Html (imaginem minha alegria)
  5. Dream weaver – É um software fantástico para criar e editar sites. Aprendi na apostila, mas era bastante prático e como eu já sabia html, foi mais fácil ainda

Depois de 4 anos de trabalho, numa aula “in company” recebi um dos melhores convites da minha vida.  A Secretaria da Fazenda do meu estado queria fazer sua intranet e precisava formar algumas pessoas nesse curso de Web. Formei essa turma lá e em seguida fui contratado.

Mas essa história fica para o próximo post.

Forte abraço!

About the author

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may also like

Widgets diferentes para páginas específicas

Bom galera, precisei dessa solução, então pesquisei e